Possuir um escritório proporciona dificuldades que vão muito além do custo, havendo também o investimento alto de tempo e planejamento. São muitos os detalhes a serem pensados, como ponto de locação, design do espaço, operacionalização e manutenção do espaço.

Para simplificar todo esse processo, atualmente existe a possibilidade de locar um local pronto, mobiliado e com os custos divididos entre os usuários do espaço. São os escritórios compartilhados, ou coworking, que apostam da divisão dos custos e na centralização administrativa para possibilitar escritórios muito mais funcionais. A Gowork é uma das principais empresas do país que aposta nesse modelo de negócio.

escritório compartilhado

Para isso, mantém em São Paulo dez unidades de escritórios compartilhados que operam neste modelo. Como características comuns esses têm a ótima localização e um mobiliário de design inspirador, os “open spaces”, como são conhecidos, que permitem uma experiência que vai além de diferentes empresas e empreendedores dividirem o espaço e as despesas, incentivando a troca de experiências profissionais e o network.

O processo de locação desses espaços é muito simples, se baseando em um custo único que substituirá todos os relacionados a um escritório. Nele estão todo custo da alocação, que compreende a somatória de despesas com aluguel de escritório, limpeza, manutenção, mobiliário, entre outros itens. A única preocupação do empresário é levar o seu próprio computador.

A preocupação em proporcionar um design diferenciado para quem utiliza esse serviço também é um diferencial da Gowork, que possui parceria com escritório de arquitetura que proporcionam as melhores e mais atuais alternativas relacionadas ao tema, fazendo com que os espaços surpreendam pela beleza e praticidade.