COWORKINGS TÊM MUITO PARA CRESCER

Números são crescentes em todos os cantos do mundo.

A quantidade de espaços de coworking pelo mundo aumenta ano após ano. Os escritórios compartilhados tiveram sua origem ao mesmo tempo em que o mercado tecnológico teve um boom. Por exemplo, a primeira unidade desses escritórios foi aberta em São Francisco em 2005, pouco mais de um ano após a criação do Facebook.

Segundo dados do Censo Coworking 2015, o Brasil abriga 238 espaços ativos. Na pesquisa, foram ouvidos mais de 140 coworkings. 56 deles, que representam 40%, foram abertos ano passado. Nos três primeiros meses desse ano, mais 10 unidades foram inauguradas.

A evidente crescente do modelo é notada na pesquisa desse ano. As 6 unidades mais antigas surgiram entre dezembro de 2007 e o fim do ano de 2010. Curioso notar que, apenas em 2012, foram abertos o dobro de espaços de coworking do que nos anos anteriores.

Este diferente estilo de ter uma sede, acompanha transformações do mercado, por exemplo no perfil do trabalhador, área de atuação das empresas, forma de se relacionar dentro do ambiente de trabalho, entre outras. No ramo tecnológico, por se trabalhar em plataformas digitais, as relações estão mais flexíveis.

Aumento de empresas mais propicias ao coworking

Coworking_Gowork_16-11-2015_Previsao
Uma pesquisa realizada pela consultoria Gartner, divulgada ainda em 2014, reforça a tese da flexibilidade nas relações de trabalho. A previsão do estudo é que neste ano pelo menos 40% das corporações mundiais adotaram ou ainda vão adotar algum tipo de flexibilidade na rotina dos funcionários.  Essa nova realidade dos escritórios está diretamente ligada com a nova cultura empreendedora e o ramo dessas empresas.

A pesquisa de coworking no Brasil mostrou a quantidade de empresas utilizando escritórios compartilhados por área de atuação. Empresas voltadas para negócios sociais lideram a lista de presença. As outras áreas mais frequentes em coworking são startups ou atuam em design, moda, educação ou makers.

Previsão

O número de coworking tem aumentado rapidamente, pelo Brasil e pelo mundo. Em 2012, haviam 2072 escritórios compartilhados em todo o mundo. Quantidade que significa 30% da quantidade atual, estima-se que existam 6 mil coworkings.

O aumento de unidades não deve parar tão cedo, pelo menos duas pesquisas apontam esse panorama. A Global Coworking Sensus, pesquisa de 2014, afirma que a quantidade escritórios de coworking iria dobrar em dois anos. Por fim, a previsão de maior expectativa é que pelo mundo existam 12 mil unidade em 2018, de acordo com a Global Coworking Unconference Conference (GCUC).