CONHEÇA A STARTUP QUE SIMPLIFICOU A SUSTENTABILIDADE

Empresa dinamarquesa produz lápis de madeira que dão origem a árvores

De alguns anos para cá o termo “sustentabilidade”, felizmente, ganhou lugar cativo nas discussões de grandes fóruns internacionais, nos conselhos de enormes empresas e até no bate-papo informal entre amigos.

Hoje, sustentabilidade já se tornou uma palavra conhecida e fundamental para o vocabulário de qualquer pessoa. Em diversas faculdades, esta área do conhecimento se tornou matéria obrigatória, algo imprescindível para a formação destes jovens que, em um futuro próximo, estarão comandando as principais organizações e tomando as decisões mais importantes para a construção de um planeta mais saudável.

Não é por acaso. Nas últimas décadas o mundo vem passando por intensas transformações que alteraram seu equilíbrio, tornando-se necessária a criação de novos ciclos mais virtuosos.

Por muito tempo, empresas deixaram de lado quaisquer tipos de preocupações ecológicas e voltaram-se apenas ao crescimento, ao lucro e ao avanço capitalista, independente do impacto que estas ações fossem causar.

O mundo chegou em seu limite e as empresas perceberam isso. Por opção ou por obrigações, as lógicas organizacionais começaram a se transformar e 2015 foi uma representação desta mudança. Carros elétricos, chuveiros econômicos, reciclagem, reutilização…este é o futuro.

Sprout

Em meio a toda essa onda de sustentabilidade, inovações não param de pipocar. Uma delas, interessantíssima, vale ser destacada.

O Sprout é uma Startup dinamarquesa com sede em Taastrup, próximo a Copenhague, que desenvolve produto simples e soluções inusitadas.

Um deste produtos é um lápis de madeira, que, quando fincado na terra faz brotar uma planta. Com ideias como essa a empresa já possui clientes como a Disney, Ikea e Bank of America e estima uma receita de US$ 1,5 bilhão para 2016.