Redução de gastos, infraestrutura completa e ambiente colaborativo são algumas das características que fazem o coworking se tornar cada vez mais uma tendência adotada por diversos profissionais.

Mas existem algumas áreas que estão se destacando na utilização desses espaços, como é o caso das agências de marketing.

Neste artigo, será explicado como funciona esse modelo de trabalho e por que tantas agências estão investindo nele.

O que é coworking?

O coworking se caracteriza pelo compartilhamento do espaço de trabalho entre profissionais e empresas, que podem ou não ser da mesma área de atuação.

No Brasil, esses espaços começaram a aparecer em 2011, quando ainda eram ocupados principalmente por profissionais autônomos que buscavam um local alternativo ao home office para se dedicar ao trabalho.

No entanto, com o tempo, o modelo passou a atrair diversas empresas, que passaram a ver as vantagens que a divisão de espaço poderia trazer.

Hoje, existem cerca de 1.500 espaços de coworking no país, de acordo com o Censo Coworking Brasil 2019. O número representa um crescimento de 25% em relação ao ano anterior.

Vantagens do coworking

Uma das principais vantagens do ambiente de coworking está na economia. Ao compartilhar espaço e recursos, os profissionais também dividem as despesas – como água, energia, limpeza e aluguel -, garantindo um gasto menor.

Além disso, também não é necessário ter grandes preocupações com a manutenção do local. A estrutura do coworking, aliás, costuma ser um ponto positivo do compartilhamento, já que a maioria deles é equipado com Wi-Fi, ar-condicionado, móveis de escritório, cozinha e salas para reuniões.

Com essas facilidades, o coworking representa uma alternativa interessante para diversas profissões.

No entanto, existem algumas áreas que podem se beneficiar ainda mais desse modelo de trabalho, como é o caso das agências de marketing.

Agências de Marketing em Coworking

A razão pela qual tantas agências de marketing estão buscando espaços de coworking está, principalmente, em três fatores: criatividade, inovação e conexão.

Todos sabem que o marketing tem a criatividade como eixo central. Dessa forma, um ambiente de trabalho que permita e incentive a criatividade, como o coworking, pode fazer uma grande diferença para os profissionais da área.

Se, por um lado, o espaço é capaz de gerar uma rotina produtiva melhor que a do home office, por outro, deixa os profissionais muito mais livres do que um escritório tradicional, sendo um ambiente ideal para elaboração de projetos criativos.

O coworking ainda é uma concepção inovadora sobre espaço de trabalho, que prioriza a descontração e a versatilidade, o que ajuda ainda mais na promoção de ideias criativas e inovadoras por parte dos seus integrantes.

Além disso, em áreas como a do marketing, o conceito de compartilhamento pode ser levado mais a fundo do que simplesmente uma divisão de espaço e recursos.

Como a atividade é muito favorecida pela troca de ideias e de conhecimento, que podem agregar valor ao trabalho produzido, o ambiente compartilhado é ideal para o alcance de networking.

Isso sem contar a possibilidade de parcerias, já que o marketing pode trabalhar diretamente com diversos serviços como produção de vídeos, fotografias, entre outros.

Por isso, a conexão que o espaço de coworking promove entre profissionais e empresas é capaz de resultar em muitos benefícios para as agências de marketing, que podem ir desde um complemento em algum projeto até a possibilidade de conseguir novos clientes, fornecedores ou parceiros.