Contrato de locação comercial, simplifique a contratação

Qualquer profissional que quer alugar um consultório, abrir uma loja ou apenas ter um escritório para trabalhar e receber os clientes.

Contudo irá precisar lidar com a burocracia do contrato de locação comercial. Esse documento e processo são fundamentais, pois é onde ficam decididos os termos do aluguel.

Contrato de locação comercial, simplifique a contratação

Você sabia que existe uma alternativa mais simples? Vamos simplificar a maneira de fazer locação de salas comerciais. Um novo modelo de fazer negócios imobiliários.

A burocracia dos contratos de locação

O contrato de locação comercial é um documento extremamente complexo. Afinal, ambas as partes precisam não somente se proteger de qualquer tipo de problema, mas também garantir que ambas irão conseguir exatamente o que querem.

Por isso, para efetuar um contrato de locação, é preciso ter gastos enormes com advogados. Isso de ambos os lados.

Existem inúmeras cláusulas determinando qual é o dever do locatário e do locador, além de todas as garantias necessárias para que ambos possam se proteger.


Além da burocracia, existe a questão da duração do contrato. Esta tende a ser bem longa, normalmente de 5 anos. Isso pode ser positivo para quem procura se proteger, mas esse tipo de contrato longo prende um profissional que quer ter um pouco mais de versatilidade no quesito do tempo.

A necessidade do fiador

Outro grande empecilho é que é necessária a presença do fiador, assim como nos contratos para aluguel de apartamento e imóveis residenciais.

Sua função é arcar com as obrigações do locatário, caso ele não seja capaz de cumpri-las. Para isso, ele precisa ter uma reputação de bom pagador.

Porém na prática, isso significa que ele não deve ter nenhuma pendência de crédito, além de ter uma renda superior à do locatário. Também é recomendado que ele tenha bens suficientes para cobrir as possíveis dívidas.

A figura do fiador está caindo em desuso. O incômodo de colocar um terceiro, que geralmente é um conhecido, em uma posição de possível devedor, está diminuindo esta prática mesmo no aluguel de imóveis residenciais.

Outros quesitos necessários para a locação

Se esses dois grandes quesitos não fossem o suficiente, ainda existem diversos outros pontos que devem ser observados para o contrato de locação comercial, além do trabalho para poder de fato usar o ambiente.

Existe, primeiramente, a questão dos alvarás. Esses documentos são básicos para o uso de qualquer ponto comercial, podendo variar de acordo com o tipo de ponto e a atividade que será exercida nele.

Além disso, para o aluguel, existe um alto valor de investimento inicial que deve ser feito. Não somente é preciso pagar o valor do aluguel, mas pode ser necessário arcar com toda a infraestrutura do ambiente, mesmo que seja um escritório, além do custo do advogado.

Ao entrar e sair de uma locação comercial convencional é necessários alguma reforma, por mais simples que seja, como pintura, instalação de ar condicionado, luzes, tomadas etc.

Além durante a locação o locatário precisa se preocupar com a manutenção rotineira, desde como uma válvula de descarga do banheiro, torneiras, assim como, limpeza, café, descartáveis entre outros, isso tudo é a gestão de facilities. https://www.gowork.com.br/blog/gestao-de-facilities-uma-alternativa-economizar-escritorio/

Porém, existe uma resposta muito mais simples para esse problema. Um modelo novo de negócio imobiliário para ter seu escritório. Soluções que atendem desde do empreendedor individual a grandes empresas.

A opção do Coworking em relação a locação comercial

O coworking apresenta uma resposta mais simples, que facilita esse processo para ambos os lados.

Essa modalidade, que vem sendo cada vez mais usada por profissionais liberais, tem muitas vantagens e praticamente elimina todas as dores de cabeça do processo de locação comercial tradicional.

Por exemplo, não é necessário ter um fiador e o processo de assinatura é muito mais rápido.


Como você está alugando de um local que já está estabelecido, não é preciso se preocupar com o alvará de licença da prefeitura e dos bombeiros, por exemplo.

Além disso, a duração do aluguel do espaço não precisa ser de 5 anos, podendo se adaptar a sua realidade e necessidade.

E como o local já é mobiliado, o profissional tem um investimento inicial muito menor, mas sem perder a possibilidade de personalizar o seu espaço. https://www.gowork.com.br/aluguel-sala-comercial/

Quer conhecer uma solução de coworking para facilitar a sua locação comercial? Então confira o Gowork!